Rodrigo Neves (PDT), prefeito de Niterói, no Rio de Janeiro, foi preso num desdobramento da operação Lava Jato. Ele e outras três pessoas são suspeitos de participar de um esquema que desviou R$ 10 milhões do transporte público.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.