Sebrae incentiva a Apicultura no Litoral Oeste maranhense

Sebrae incentiva a Apicultura no Litoral Oeste maranhense

Like
168
0
quarta-feira, 28 junho 2017
Blog

Sebrae incentiva a Apicultura no Litoral Oeste maranhense

Em Luís Domingues empreendedores rurais estão se capacitando para investir na produção de mel

Apostando no potencial apícola da região do Litoral Oeste Maranhense, um grupo de 16 produtores de Luís Domingues, está se organizando para ingressar na atividade. A maioria vislumbra na apicultura, uma possibilidade de trabalho e melhoria de vida e para isso, o primeiro passo dado foi buscar aprender o manejo correto dos apiários, por meio de capacitações oferecidas pelo Sebrae, que proporciona cursos e oficinas sobre a atividade, por intermédio do Projeto Desenvolvimento Econômico Territorial-DET, atualmente com ações em cinco municípios do Litoral Oeste Maranhense.

Nesse sentido, recentemente, a unidade regional do Sebrae em Santa Inês,  ofereceu o Curso Básico de Apicultura, que é uma ferramenta para auxiliar o trabalho dos empreendedores desse segmento, tratando de assuntos importantes para conduzir a atividade de forma correta. Manejo reprodutivo, sanitário e genético das abelhas, são temas detalhados aos participantes, que na ocasião podem tirar dúvidas e trocar experiências com outros empreendedores da área.

De acordo com o gestor de projetos do Sebrae e que está a frente das ações do DET no município,  Adalberto Fraga, a região tem muito a contribuir com o mercado apícola do estado. “Luís Domingues se apresenta com um grande potencial para a produção de mel e pólen e o papel do Sebrae é fazer com que esses apicultores que já estão na atividade ou os que pretendem investir na área, comecem a se inserir no processo produtivo de mel como profissionais, e para isso foi dado o primeiro passo com a capacitação básica. Esperamos que em curto espaço de tempo eles possam estar aplicando novas tecnologias de produção e acessando novos mercados”, conclui Fraga.

Para José Luciano Nazaré de Sousa, presidente da Associação dos Apicultores de Luís Domingues, que atualmente conta com 23 associados, e uma produção anual de 12 a 15 toneladas de mel, o cenário atual é animador. Ele afirma que o município tem potencial, basta os empreendedores fazerem a coisa certa para se fortalecerem no mercado. Jóse, esteve presente durante os três dias de curso e é um dos incentivadores dos produtores locais.

“A parceria com o Sebrae aumenta a nossa perspectiva de sucesso, com as capacitações e acompanhamento de especialistas junto a nossos produtores, eles vão aprender a fazer o manejo correto e consequentemente aumentar a produção e a lucratividade que é o nosso objetivo”, pontua Luciano.

Sebrae na Apicultura-  Entre 2003 e 2008, o Sebrae trabalhou com os apicultores de municípios como Santa Luzia do Paruá e Junco do Maranhão o que ajudou a alavancar a produção de mel do Alto Turi, possibilitando aos empreendedores do seguimento participar de capacitações e missões técnicas até mesmo fora do estado, com o intuito de melhorar a produção apícola da região, o que proporcionou um salto significativo na quantidade e qualidade do produto. Dando continuidade a essas ações de incentivo a atividade apícola no estado, o Sebrae tem atuado de forma efetiva também junto a  produtores do Litoral Oeste Maranhense.

Caru Baladas

43 posts | 0 comments